Quem sou eu

Minha foto

Escritor por ofício, natural de Poços de Caldas - MG, 57 anos, divorciado, residente no Rio de Janeiro e em São Paulo.

Acadêmico correspondente da Academia de Arte de Cabo Frio e cidades da região dos lagos RJ; Acadêmico correspondente da Academia de Artes de Fortaleza CE; Acadêmico Corresponde da Academia de Letras ALPAS 21, Porto Alegre, RS.

Colunista nos Websites de Literatura:

  1. Recanto das Letras - Brasil
  2. World Art Friends - Portugal
  3. Poesia Fã Clube – Portugal
  4. Luso Poemas - Portugal

e titular dos  WebSite e Blog:

www.fabiorenatovillela.com

http://fabiorenatovillela.blogspot.com

                        LIVROS SOLOS PUBLICADOS

  • Poética 1 (pré lançamento)
  • Filósofos Modernos e Contemporâneos - (prelo)
  • Adaptação de OS LUSÍADAS ao Português Atual – 2000 -2007 - 2013
  • Umas 300 Poesias - 2012
  • Gregas Tragédias - Resumos Comentados - 2011
  • Cristina Poema – 2011
  • Filosofia Sem Mistérios - Dicionário Sintético de Filosofia (02 tomos) - 2010
  • Crônicos Contos Poéticos – 2010
  • Versos Reversos, poemas – 2010
  • Lilian em Versos - 2010
  • Deusas e Deuses Hindus - 2009
  • Onomástico dos Personagens e Lugares Bíblicos - 2009
  • Sobrevivendo com o Câncer Linfático – 2000 - 2012

Participação em trinta e duas Coletâneas e Antologias.

ALGUNS PRÊMIOS RECEBIDOS:

  • Classificado em 1º lugar no “MAPA CULTURAL PAULISTA” da Secretaria de Cultura do Governo do Estado de SÃO PAULO em 2013-2014 com o poema “Sete de Setembro”. 
  • Eleito um dos melhores poetas luso-brasileiros de 2012, pela Associação de Poetas de região autónoma de Madeira - Secretaria de Cultura de S.G do Amarantes, PORTUGAL, em comemoração ao ano do Brasil – Portugal.
  • Classificado na seletiva da Editora "L-Harmattan", Paris, FRANÇA, em 2010 com o livro "Lilian em Versos". 
  • Classificado para a Feira do livro de Frankfurt, ALEMANHA, em setembro/outubro 2010, com os contos "A Valsa" e "Deus, o homem e o vinho". 
  • Eleito "POETA REVELAÇÃO", em 2009, pela Editora Corpos cidade do Porto – PORTUGAL. 
  • Selecionado em 2006, pela Biblioteca Pública do Estado do Paraná, CURITIBA, para integrar o acervo digital da Instituição com o livro do livro "Sobrevivendo com o Câncer (1ª edição)". 
  • Classificado em 2º lugar no “XVI Concurso Internacional de Literatura da ALPAS 21”, PORTO ALEGRE, RS com a poesia "SECA" e menções honrosas para as poesias “A vida é”; “A tortura”; “Cordel”; “Boca” e “Ceia”. 
  • Classificado em 1º Lugar no “XV Concurso Internacional de Literatura – ALPAS 21”, PORTO ALEGRE, RS, com o Conto "Deus, o homem e o vinho". 
  • Classificado em 2º Lugar no “XIV Concurso Internacional de Poesias - da Casa de Cultura” CRUZ ALTA, RS. Com o poema “Luz” e menções honrosas para as poesias “Voz”, “Jarro” e para o conto “Lulu vegetariana” 
  • Classificado como um dos melhores poetas de 2009 pela ed. CBJE – Brasil, com a poesia "Ausência em amarelo". 
  • Eleito "Personalidade do ano de 2010" e “Personalidade do ano de 2012/2013” na área de produção literária, pela ARTPOP, Academia de Artes de Cabo Frio e região dos Lagos no Rio de Janeiro.

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Filosofia Sem Mistérios - Dicionário Sintético - 22

CIRENAÍSMO – tendência fundada por ARISTIPO de CIRENE (cidade da Ciremaíca) em meados do século IV da Era Cristã. Dentre seus adeptos podem ser citados TEODORO, o ATEU; HEGÉSIAS, o ADVOGADO da MORTE e vários outros que se caracterizavam por comportamentos e modos de pensar radicalmente diferentes do que era comum na ocasião.
Como os CINICOS, o interesse preponderante nessa Escola era a questão Moral. Todavia, diferenciavam-se dos primeiros por serem HEDONISTAS (ver HEDONISMO) radicais e por pregarem a absoluta igualdade ou identidade entre o Prazer (a Volúpia) e a Virtude (o Bem); ou seja, ser Virtuoso era buscar e aproveitar a satisfação de todos os desejos, legítimos ou não, morais ou não, éticos ou não etc. Desse modo, pregavam o seguinte: na Sensação (ou na capacidade de perceber através dos Sentidos [olfato, visão, paladar, tato, audição] Humanos) é que se encontra a Verdade; ou seja, a Realidade é Sentida (e não processada pela Razão ou Raciocínio) e é no Prazer que se captou e usufruiu que se encontra o Bem. A Felicidade é apenas um Sistema (ou ajuntamento, agrupamento) dos Prazeres sentidos no Passado, no Presente e no Futuro. Em outras palavras: o Prazer é a verdadeira finalidade do Homem e não lhe compete (e nem deverá) buscá-lo nas Especulações Filosóficas ou Teológicas, na Vida Reta e Virtuosa etc. Não! Cabe ao Homem aproveitar os Prazeres que conseguir captar.
Dessa forma, estabeleceu-se a pregação de se pensar no hoje (Carpem Dia = aproveite o Dia), no momento presente, pois o Futuro é incerto. HEGÉSIAS, a partir dessa tese, tirou conclusões pessimistas sobre os outros Sistemas Filosóficos e sobre os próprios Filósofos. Para ele, a Sabedoria e a vida do Sábio eram indiferentes, na medida em que esse Saber morreria junto com seu proprietário.
Obvio que tal doutrina foi alvo de cerrados ataques, já que esse pessimismo é difícil de ser aceito, pois se o for concordar-se-ia que a Vida e a Dedicação são completamente sem sentidos. Sofre-se tanto para se instruir, para gerar Saberes, Engenhos etc. e tudo para quê?
Argumentavam os Críticos de outrora e certamente os de agora que a Sabedoria conquistada por uma geração não se perde, mas é doada à Geração vindoura e assim sucessivamente até que a Espécie tenha todos os Conhecimentos que puder assimilar. É verdade que também agora, existem aqueles que são adeptos do CIRENAÍSMO e para justificar-se argumentam que o uso que se deu ao Saber acumulado não gerou efetiva melhoria para a Humanidade. Críticos atuais rebatem dizendo que trouxeram sim, embora não na rapidez desejada.

Um comentário:

  1. Foi muito útil ter acesso a uma informação sintéctica e clara que me permitiu entender melhor o texto que estava lendo.
    Parabéns
    João

    ResponderExcluir